A Programação Neurolinguística tem se transformado em um dos temas fundamentais quando falamos em educação, afinal cada pessoa pensa e interpreta as situações de uma forma. Pensando nisso, trabalharemos a seguir aspectos essenciais acerca da PNL no processo de aprendizagem.

Mapas mentais e o processo de aprendizagem

Os nossos mapas mentais do mundo não são o mundo, pois reagimos aos mapas em vez de reagir diretamente ao mundo. Dessa forma, entende-se que os mapas mentais, especialmente as sensações e interpretações, podem ser atualizados com mais facilidade do que se pode mudar o mundo.

Isso significa que cada criança ou adolescente possui o seu mapa e um jeito único de aprender. Desta forma, mesmo que 3 filhos sejam criados na mesma casa e tenham os mesmo pais, os mapas serão diferentes.

Como lidar com essas diferenças?

É fundamental que os educadores ajudem a criança a perceber que os mapas e os pontos de vista de cada um devem ser respeitados. Essa compreensão é importante porque o mapa do outro pode ajudar a transformar outras pessoas, pois somos capazes de nos modelar. Essa capacidade é muito importante porque as experiências possuem uma estrutura e os nossos pensamentos e recordações possuem um padrão. Assim, quando mudamos este padrão ou estrutura nossa experiência muda automaticamente. Dessa forma, podemos neutralizar lembranças desagradáveis e enriquecer outras que serão úteis.

Códigos de PNL no processo de aprendizagem

  • Fortaleça a identidade para dominar a mente

Experiências novas trazem ressignificação e, consequentemente, mudança de mentalidade. Assim, se uma criança sobe na carteira sem permissão e aprende que não pode fazer isso, ela pode ajudar caso algum colega repita essa ação. Isso é importante para a criança se sentir pertencente.

Se uma pessoa pode fazer algo, todos podem aprender a fazê-lo também. Essa compreensão é fundamental porque podemos aprender como é o mapa mental de um grande realizador e fazê-lo nosso. 

A criança não vence alguns desafios porque não acredita que seja possível. E nós precisamos ser o canal para fazê-los acreditar, seja como educador emocional ou como pais.

  • Para realizar qualquer coisa, primeiro você precisa acreditar

Confira o exemplo a seguir: 

  • Eu nunca mudo, sou bruto e agressivo.  
  • Quem te disse isso?
  • A minha mãe, respondeu a criança.

O diálogo demonstra a postura dos pequenos diante de certas coisas que são ditas pelos pais e reforça o compromisso de que a criança precisa aprender a dominar sua mente. Para isso, é necessário que os pais tenham conversas esclarecedoras com seus filhos.

Corpo e mente são partes do mesmo sistema. Dessa forma, nossos pensamentos afetam instantaneamente a tensão muscular, a respiração e as sensações. Estes, por sua vez, afetam nossos pensamentos. Por isso, quando aprendemos a mudar um deles, aprendemos a mudar os outros.

Um exemplo disso é que algumas crianças podem sentir dores em véspera de prova, apresentações ou quando precisam falar em público. Por isso, nós precisamos ter sensibilidade para ajudá-los. Mais uma vez, a dica é utilizar a conversa esclarecedora e empatia.

Aspectos fundamentais da PNL na aprendizagem

  • O significado da sua comunicação é a reação que você obtém

Os outros recebem o que dizemos e fazemos através dos seus mapas mentais do mundo. Quando alguém ouve algo diferente do que tivemos a intenção de dizer, temos a chance de observar que a comunicação é o que se recebe. Assim, perceber como a nossa comunicação é recebida nos permite ajustá-la para que, da próxima vez, ela possa ser mais clara.

  • Todo comportamento tem uma intenção positiva

Todos os comportamentos nocivos, prejudiciais ou impensados têm um propósito positivo originalmente, como gritar para ser reconhecido, agredir para se defender, esconder-se para se sentir mais seguro. Em vez de tolerar ou condenar essas ações, podemos separá-las da intenção positiva daquela pessoa para que seja possível acrescentar novas opções mais atualizadas e positivas a fim de satisfazer a mesma intenção.

  • As pessoas sempre fazem a melhor escolha disponível para elas 

Cada um de nós tem sua própria história. Através dela aprendemos o que querer e como querer, o que valorizar e como valorizar, o que aprender e como aprender. Esta é a nossa experiência. A partir dela, devemos fazer todas as nossas opções até que outras novas e melhores sejam acrescentadas.

  • Se o que você está fazendo não está funcionando, faça outra coisa 

Faça qualquer coisa. Se você sempre faz o que sempre fez, você sempre conseguirá o que sempre conseguiu. Se você quer algo novo, faça algo novo, especialmente quando existem tantas alternativas.

Você tem acompanhado nosso blog? Toda semana trazemos conteúdos super importantes para te ajudar a entender mais sobre inteligência emocional, comportamentos e habilidades. Fique de olho em nossos canais e não se esqueça de acompanhar o nosso YouTube: toda quinta-feira temos aula nova com uma equipe de profissionais especializados. 

Iniciar WhatsApp!
1
Fale um de nossos especialistas!
Olá, estou visitando o site da CEOKids Brazil e gostaria de mais informações sobre a empresa.